Aurora anuncia férias coletivas para funcionários da unidade de Guatambú

A unidade da Aurora em Guatambú, no Oeste catarinense, anunciou que entrará em férias coletivas por 30 dias a partir de 2 de julho. Outra unidade da empresa, de Abelardo Luz, já havia anunciado a suspensão dos trabalhos a partir de junho. Mais de 5 mil trabalhadores de empresas ligadas à produção de frango devem ficar parados em Santa Catarina.

A unidade frigorífica de Guatambú possui 1.283 trabalhadores. No local, são abatidos 29,5 milhões de frangos por ano, segundo a Aurora. A empresa ainda diz que não tem a intenção de demitir os funcionários.

A fase complicada da avicultura catarinense levou a empresa à medida das férias coletivas. Em abril, a União Europeia anunciou a proibição de três frigoríficos catarinenses de exportar para o bloco econômico. Os três são da empresa BRF. Com isso, já há avicultores diminuindo a produção de aves. A BRF suspendeu os trabalhos na segunda-feira (7) de mais de 3 mil funcionários da unidade de Capinzal também por um mês.

Em Abelardo Luz, são 1.391 trabalhadores e 33,5 milhões de frangos por ano.

A empresa ainda informou que anuncia com antecedência de dois meses as férias para amenizar o impacto nas etapas da produção, com isso, diminuir a geração de ovos férteis, a produção de pintainhos, o alojamento e o abate.

Conforme a assessoria de imprensa da empresa, a Aurora Alimentos avaliará em julho se será preciso colocar uma terceira planta industrial em férias coletivas.

A empresa diz esperar “que o Governo Federal obtenha sucesso na defesa técnica e política do setor da proteína animal, buscando o restabelecimento dos fluxos comerciais internacionais tão duramente conquistados pela indústria brasileira da carne”.

G1

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.