Aurora retoma abates em Joaçaba após exames por suspeita de febre aftosa

O frigorífico Aurora de Joaçaba teve que suspender o abate de suínos desde o último sábado (24), depois que um lote de animais apresentou lesões sugestivas de febre aftosa. A informação é do site Caco da Rosa. Segundo a publicação, a Cidasc foi notificada e esteve no local colhendo amostras que foram enviadas para exames laboratoriais.

Em entrevista à Rádio Líder, a médica veterinária do órgão, Michele Pagani Machado, confirmou a informação. De acordo com ela, um lote com aproximadamente 45 animais apresentavam lesões no focinho e casco, típicas da febre aftosa. No entanto o diagnóstico foi negativo para a doença. “Ainda não temos o resultado final, mas possivelmente era estomatite vesicular, uma doença mais branda, que não causa transtornos com interdição”, explicou, ao comunicar que os animais foram desinterditados e a Unidade de Joaçaba retomou as atividades na tarde desta terça-feira (28).

Como Santa Catarina possui o certificado de livre de aftosa sem vacinação, o registro da doença prejudicaria economicamente o Estado, que perderia o mercado internacional.

A médica destacou que a procedência dos animais foi identificada pelo Guia de Trânsito Animal (GTA), e será realizado um trabalho na propriedade para descobrir o foco da doença.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.