Bancada catarinense no Congresso Nacional reúne-se com o presidente Michel Temer

Brasília – A bancada catarinense reuniu-se nesta terça-feira (13) com o presidente da República, Michel Temer, para tratar da transferência da Secretaria da Aquicultura e da Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o Ministério de Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

A decisão, tomada em março, gerou muito desconforto e inseguranças para o setor pesqueiro catarinense. Durante a audiência, o deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC) enfatizou que “a pesca e a aquicultura são atividades ligadas a competência legal, técnica, de pesquisas e tecnológica do agronegócio. Além disso, o Mapa é o único ministério estruturado e descentralizado nos 27 Estados do país para tratar tecnicamente dos temas do setor”.

A situação dos municípios catarinenses atingidos pelas enchentes também foi pautada na audiência. “Além do atendimento às vítimas, precisamos estar atentos aos prejuízos nas cidades, e, em especial, no meio rural”, enfatizou Colatto. De acordo com informações da Secretaria de Agricultura e da Pesca de Santa Catarina, os prejuízos dos produtores rurais estão estimados em R$ 19,3 milhões e afetam especialmente as produções de feijão, milho e leite. Para além da produção, “as pontes e estradas rurais também precisam de atenção”, pontuou o parlamentar catarinense.

Colatto também levou para a pauta, o pedido de sanção da Medida Provisória 756/2016, que, dentre outros pontos, altera os limites do Parque Nacional de São Joaquim. “A retificação do traçado do parque, excluindo propriedades dos agricultores e parques eólicos projetados para a região é justa e necessária”, frisou Colatto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.