Bandidos promoveram cenas de guerra em Lebon Régis, dizem moradores

As cenas promovidas pelos bandidos, que assaltaram o Banco do Brasil, em Lebon Régis, foram de guerra. Os moradores da cidade estão muito assustados com a ação, que aconteceu na madrugada desta segunda-feira, 5. Pelo menos duas explosões deixaram a agência bancária completamente destruída.

“Parecia uma guerra, igual aqueles filmes”, disse um morador, contando que na vizinhança a opinião é semelhante.

Na manhã desta segunda, o PPT de Caçador encontrou um Ford Fiesta, com placas NXG 8358, de São Luiz, no Maranhão. O veículo teria sido usado pelos bandidos e tem registro de furto e estava abandonado em uma estrada na Linha Perdizinha, em Lebon Régis, próximo da SC 350.

A Polícia acredita que os bandidos abandonaram o carro porque um pneu estourou. Dentro do Fiesta foram encontrados sete carregadores de fuzil calibre 5,56; 122 munições calibre 5,56 intactas; 14 cápsulas calibre 5,56 deflagradas e uma cápsula calibre 9mm deflagrada, além de um vidro contendo pregos, que seriam usados para atirar na pista e evitar uma perseguição.

Os policiais continuam as buscas por toda a região.

O crime

Bandidos explodiram o Banco do Brasil, em Lebon Régis, na madrugada desta segunda-feira, 5. De acordo com informações de testemunhas, foi possível ouvir duas grandes explosões por volta das 3h.

Os assaltantes estavam fortemente armados e efetuaram disparos em diversos pontos da cidade com armas de calibre 9mm e fuzis. As munições foram encontradas na rua por populares. Além disso, alguns bandidos fizeram vigia próximo ao destacamento da Polícia Militar, impedindo a saída dos policiais do local.

Os criminosos fugiram em dois veículos. Um dos carros foi abandonado na entrada de São Sebastião, no km 26 da SC 350. Policiais de Caçador e de Lebon Régis fazem buscas pelos bandidos.

Um carro que passava perto do local do assalto foi atingido por um disparo de fuzil.

Fonte: Notícia Hoje

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.