Bolsonaro quer que multa de R$ 2,5 bi da Petrobras vá para a Educação

Durante uma transmissão ao vivo, nessa quinta-feira (16/5), o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a multa de R$ 2,5 bilhões paga pela Petrobras em um acordo firmado nos Estados Unidos deverá mesmo ser revertida para o orçamento do Ministério da Educação (MEC) e, talvez, para a pasta de Ciência e Tecnologia.

“A multa de R$ 2,5 bilhões da Petrobras está voltando para o Brasil e pode ser aplicada em algo que não tem a ver com a Petrobras. Pelo que tudo indica, nós devemos levar esse recurso para o Ministério da Educação. Eu gostaria, em parte, se for possível, de levar para o Ministério de Ciência e Tecnologia”, disse o presidente.
O presidente voltou a criticar os manifestantes que participaram dos protestos que ocorreram, na quarta-feira (15/5), contra o contingenciamento no orçamento de universidades de institutos federais.
“Não foi uma manifestação pela educação, foi uma manifestação patrocinada por uma minoria de espertalhões do PT, PCdoB PSOL, PCO, sindicatos, usando a boa-fé de alunos, que querem uma educação melhor, para fazer um ato por Lula Livre”, disse. Para ele, havia uma “maioria de boa-fé” nos atos, mas que “foram usados”, acrescentou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.