Brasil perde para a Bélgica e dá adeus à Copa do Mundo

O sonho do hexa foi adiado por mais quatro anos. Depois de um primeiro tempo muito ruim, o Brasil foi derrotado pela Bélgica por 2 a 1 em Kazan na tarde desta sexta-feira (6) e está eliminada da Copa do Mundo.

O jogo começou dando a impressão de que a Seleção Brasileira dominaria a partida. Se o poderio aéreo dos belgas preocupava, quem começou assustando pelo alto foi o Brasil, em duas jogadas de escanteio. Primeiro com Thiago Silva, que acertou a trave após completar de joelho. Depois com Paulinho, que livre dentro da área não conseguiu finalizar bem.

Aos 13 minutos, começou a desmoronar a fortaleza defensiva brasileira. Após escanteio cobrado da esquerda, Fernandinho foi tentar cortar e acabou colocando para a própria rede. A Seleção Brasileira ainda teve a chance de empatar com Gabriel Jesus, mas o atacante não conseguiu o giro dentro da área para fazer o primeiro gol brasileiro.

Com Paulinho muito mal no jogo não fechando os espaços, a Bélgica dominava o meio de campo e assustava muito em contra-ataques. De Bruyne e Hazard faziam a festa no espaço entre as linhas de defesa e meio do Brasil. E foi num contragolpe que os belgas chegaram ao segundo gol. Lukaku ganhou bola no círculo central, foi carregando a bola sem ser desafiado. Paulinho tentou cortar, mas acabou dando a bola no pé de De Bruyne. O camisa 7 bateu da entrada da área, no cantinho de Alisson.

Com Neymar sentindo dores na perna esquerda, o Brasil pouco produzia ofensivamente. Os chutes de fora da área foram a saída. Marcelo e Coutinho obrigaram Courtois a fazer duas boas defesas. Para o segundo tempo, Tite tentou mudar o time, com a entrada de Firmino no lugar de Willian.

Aos dez minutos, Gabriel Jesus deu bela caneta em Vertonghen dentro da área e saiu limpo. Kompany chegou no carrinho de frente, derrubando o camisa . O time brasileiro ficou pedindo pênalti. Depois de mais de um minuto de conversa com o VAR, o árbitro Mirolav Mazic preferiu não dar a penalidade. Fernandinho errava muitos passes, alguns até simples. Num deles, o volante perdeu a bola no ataque e armou o contra-ataque da Bélgica. O volante até voltou para marcar, mas foi batido com facilidade por Chadli, que tocou para Hazard finalizar com muito perigo.

Na base do desespero, o Brasil insistia nas jogadas pelo meio na frente da área. Os belgas marcavam com sete, oito homens dentro da própria área e fechavam bem os espaços. A melhor opção da equipe verde e amarela era Douglas Costa, que entrou no lugar de Jesus pela direita. O camisa 7 acelerava as jogadas e fazia boas inversões de jogo. Após boa jogada do atleta da Juventus, Courtois cortou mal e Paulinho, quase na pequena área, não cosneguiu empurrar para dentro do gol.

Aos 31, Coutinho, que estava mal no jogo e errando muitos passes, achou uma bola linda nas costas da zaga belga. Renato Augusto, que havia entrado no lugar de Paulinho, fez a infiltração e cabeceou no cantinho de Courtois, para diminuir e colocar fogo no jogo. Logo depois, o camisa 8 teve a chance do empate. Com o campo aberto, o meia recebeu na intermediária e bateu, tirando tinta da trave direita de Courtois. Aos 48, Douglas Costa fez linda jogada pela direita, e rolou para Neymar na meia lua. O camisa 10 bateu colocado e Courtois, de mão trocada, fez uma linda defesa para garantir a classificação da Bélgica.

Na próxima terça-feira (10), às 15h, a Bélgica vai a São Petersburgo enfrentar a França na busca por uma vaga na final da Copa do Mundo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.