Brasil pode voltar a vender carne suína e bovina para a Rússia

O anúncio foi feito pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, em rede social. A notícia é muito importante para Santa Catarina, pois a Rússia era o maior importador de carne suína do Brasil até o ano passado, quando estabeleceu o embargo.

O diretor-executivo do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados de Santa Catarina (Sindicarne), Ricardo Gouvêa, disse que extraoficialmente foram habilitadas nove plantas de bovinos e suínos, sendo um de Santa Catarina, a Aurora de Chapecó.

— Mesmo não sendo nos volumes anteriores isso já ajuda pois tira a pressão do mercado interno e pode refletir numa melhora de preço, mas é necessário embarcar logo pois em dezembro começa a congelar o acesso a alguns portos — explicou.

No ano passado, a Rússia comprou 98 mil toneladas de Santa Catarina, num total de US$ 265 milhões. Isso representa cerca de 40% do total. A China abocanhou boa parte dessa fatia mas com remuneração menor dos que os russos. (NSC)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.