Cadelinha resgatada pela Faunamiga aguardava volta da dona assassinada na Vila Sete

Capinzal – Diante de um cenário de tristeza e desolação, pode haver uma história emocionante. Foi o que aconteceu com uma cadelinha que pertencia à idosa brutalmente assassinada no último dia 08 na Vila Sete de Julho em Capinzal. Mel era um dos três animais de estimação da vítima, Rosina Dalapria, 60 anos, que foi morta, conforme a polícia, por um adolescente de 14 anos, que confessou a autoria. A vítima recebeu uma martelada na cabeça e sete facadas na região do pescoço. O menor foi apreendido e está internado no CASEP de Joaçaba.

A idosa cuidava, além de Mel, de mais um cão e um gato. Mesmo após a morte da dona, os animais permaneceram na casa esperando a volta, impossível, da dona. Após o descobrimento do corpo da idosa, um dos animais da casa foi recolhido pela filha dela, ficando ainda na residência a Mel e um gatinho. Ambos aguardavam a dona voltar.

De acordo com a ONG Faunamiga, que prestou assistência no caso, por vários dias Mel aparecia somente para comer. Ela era alimentada pelos vizinhos e depois se escondia novamente.

Nesta terça-feira (21), a Faunamiga conseguiu resgatá-la contando com a colaboração de simpatizantes pela causa. Ganhou banho quente, recebeu carinho da clínica Bicho Mania e agora será encaminhada para adoção responsável. “Que seja uma família que possa dar muito amor a essa pequena. Mel aguardava a volta da sua dona, volta essa que nunca mais ocorreria. Pelo menos diante de toda essa tragédia um final feliz para essa pequena, que ela irradie muita luz a essa família que irá adotá-la e que a sua antiga dona (que descanse em paz), onde quer que esteja estará muito feliz por uma das suas amiguinhas mais fiéis ganhar um novo lar”, descreve Evelin Serafini, membro da ONG

Interessados na adoção podem contatar pelo WhatsApp (49) 99974-3231.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.