Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe inicia esta semana

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começa na próxima quarta-feira, dia 10 de abril. A partir de quarta, as pessoas pertencentes aos grupos prioritários, idosos, a partir dos 60 anos, crianças entre 6 meses e 6 anos incompletos, gestantes, mulheres no período pós-parto, professores, trabalhadores da área da saúde e portadores de doenças crônicas, devem se dirigir a unidade de saúde para fazer a vacina.

Como de costume, trabalhadores da área da saúde devem apresentar um documento comprovando sua profissão no ato da vacinação, os professores devem apresentar um crachá de identificação com o nome da instituição ou declaração da escola que deve ser apresentada também no ato da vacinação e os portadores de doenças crônicas devem apresentar um atestado atualizado.

Capinzal

A novidade este ano, é que podem ser vacinadas crianças até seis anos incompletos, ou seja, até um dia antes de completarem 6 anos. A campanha segue até o dia 31 de maio e cerca de 5.200 pessoas integram os grupos prioritários e devem ser vacinadas em Capinzal.

No município, além do cronograma do Ministério da Saúde, serão desenvolvidas atividades extras. Uma delas é a parceria entre as Secretarias de Saúde e Educação, que vai possibilitar a vacinação nas creches e pré-escolas. Os postos de saúde ficaram abertos até às 20h no dia 8 de maio, haverá vacinação nas unidades de saúde do interior.

A partir de quarta, a vacina estará disponível na Unidade de Saúde Central e na Unidade de Saúde do Loteamento Parizotto. Na próxima semana, também será possível realizar a vacinação nas Unidades de Saúde do bairro São Cristóvão e Lar Imóveis.

A Vacina

A vacina disponível nas unidades de saúde é a Trivalente que previne contra três tipos de vírus, H1N1, H3N2 e um tipo de vírus B. A vacina não causa doença, o que pode acontecer é uma reação a vacina. Para fazer a vacinação é preciso levar a carteira de vacinação, cartão do SUS e documento de identidade.

Este ano, a vacina teve duas alterações na composição em relação ao ano passado, o que significa que os vírus que causaram as gripes mais graves foram diferentes dos anos anteriores e, dessa forma, a vacina garante a imunidade contra essas formas graves da gripe.

(Publicado por: Bianca Demori)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.