Capinzalenses acordam cedo para aproveitar liquidações em lojas

Capinzal – Os capinzalenses acordaram cedo nesta sexta-feira (06) e por volta das 6h já estavam em frente às lojas que estão promovendo “queima” de estoque. São pelo menos três grandes franquias que estão com descontos variados nos produtos. As filas se formaram antes de clarear o dia e se estenderam pela rua XV de Novembro.

Os descontos, nesta época, atraem muitas pessoas que nem se importam de esperar minutos ou horas do lado de fora da loja em filas até conseguir entrar e comprar o seu produto.

Após o período de festas de fim de ano as liquidações são costumeiras e aguardadas por muitos que guardam o seu dinheiro para conseguir comprar o seu produto à vista e de quebra garantir maior desconto. Mas, para quem não pode pagar à vista, as lojas estão facilitando e fazendo o valor parcelado no cheque e cartão.

Para quem não pode ou prefere não ir pessoalmente à loja, é possível aproveitar as ofertas nos sites, mas para isso, o Procon dá dicas para garantir uma compra segura:

– Buscar referências sobre o site nos órgãos de defesa do consumidor ou em sites de reclamações na internet;

– Ter instalados no computador pessoal programas de antivírus e o firewall;

– Não fazer as transações em computadores de uso público, garantindo a segurança dos dados pessoais e de cartão de crédito;

– Observar os procedimentos e recursos adotados para garantir a segurança da transação;-  procurar no site a identificação da loja (razão social, CNPJ, endereço, e-mail e telefone fixo), garantindo que a empresa pode ser localizada em caso de problemas;

– Evitar sites que possuem como única forma de pagamento o depósito em conta corrente ou boleto bancário;

– Procurar informações sobre características, preços, valores de fretes, despesas adicionais, prazo de entrega ou execução, condições e formas de pagamento, antes de se decidir pela compra

– Os sites devem deixar claros os meios adequados para que o consumidor exerça o direito de “arrependimento de compra”, que é o cancelamento no prazo de até sete dias;

– Ao confirmar a contratação, imprimir ou guardar sob a forma eletrônica todos os documentos que atestem a relação comercial, como número da compra, confirmação do pedido, comprovante de pagamento, contrato ou anúncios;

– Exigir a nota fiscal da mercadoria e guardá-la;

– A qualquer sinal de irregularidade, entrar em contato com o fornecedor para registrar a ocorrência e tentar resolver o problema, guardar os números de protocolo e os e-mails trocados com o fornecedor como garantia.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.