Carro colide de frente com motocicleta no Bairro São Cristóvão, em Capinzal

Capinzal – Duas ocorrências de infração de trânsito  e um acidente de trânsito registradas pela Polícia Militar na noite deste sábado (27). A primeira, de infração, foi por volta das 20h15min quando uma guarnição da PM fazia rondas no bairro São Cristóvão quando realizou a abordagem de um veículo Gol. Em seguida foi constatado que veículo transitava com característica alterada, sendo a suspensão tipo rosca, não constando no sistema do Detran a regularização.

Diante disso, foi recolhido o CRLV, confeccionada a infração pertinente e estipulado prazo para regularização. Por fim, foi realizado o levantamento fotográfico e confeccionado o boletim de ocorrência.

Por volta das 22h15min a guarnição e rondas no Acesso Cidade Alta, próximo ao trevo da Vila Sete, visualizou uma motocicleta sem placa de identificação. Diante disso foi dada ordem de parada, sendo acatada pelo condutor, de 17 anos. A moto era baixada de leilão.

Frente aos fatos, a guarnição recolheu a motocicleta junto ao pátio credenciado, tomada a medida cabível, realizado o levantamento fotográfico bem como confeccionado o boletim de
ocorrência.

Por fim, por volta das 23h15min, a guarnição em rondas no Acesso Cidade Alta, bairro São Cristóvão, realizava a abordagem de um homem e, enquanto era cadastrado o envolvido no boletim de atendimento e fazendo o uso de livre circulação e parada de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, quando em atendimento de ocorrência, um veículo Corsa, ao desviar da viatura policial não deu a devida atenção à circulação de veículos que transitavam na direção contrária, pois efetuou manobra de desvio e ingressou na pista do sentido contrário e nela permaneceu em distância superior a necessária para realizar o desvio, vindo a colidir frontalmente com uma motocicleta Honda NXR 150 que transitava pela sua mão correta de direção.

A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e levada ao hospital com escoriações leves pelo corpo. Já o condutor do carro, nada sofreu, e de acordo com as circunstâncias, foi oferecido o teste de bafômetro, sendo recusado pelo condutor.

Assim foi autuado, teve sua CNH recolhida ao setor de trânsito e o carro liberado para condutora habilitada. Diante dos fatos foi confeccionado o boletim, bem como efetuado levantamento fotográfico, expedidas as autuações cabíveis e diante da representação da vítima, foi confeccionado os termos cabíveis com data e hora marcada para audiência.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.