Carteiros de todo Brasil anunciam estado de greve

Os carteiros anunciaram que entrarão em greve a partir das 22h de quarta-feira em todo o País, caso não tenham suas reivindicações atendidas. De acordo com o Sintcom-PR (Sindicato dos Trabalhados dos Correios no Paraná), a decisão foi tomada após muitas discussões e assembleias na tentativa de se chegar a um acordo.

O que não aconteceu, segundo a categoria. As principais exigências são o reajuste de 15% e a continuidade no plano de saúde oferecido pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

A proposta dos Correios foi um reajuste de 6,74%, negado pelos servidores. Eles afirmam que isso não cobriria nem a inflação. Segundo o secretário jurídico do sindicato, Edson Flávio da Silva, os carteiros não têm um aumento real desde 2012. “Nós não temos aumento real há três ou quatro anos. Pedimos 300 reais de forma linear para cobrir o piso dos últimos 20 anos”, disse.

Além disso, os trabalhadores querem a continuidade do vale de final de ano, o que equivale a cerca de 800 reais, e a não redução do auxílio creche das mulheres, o que segundo o secretário jurídico, representaria um prejuízo de até 6,1 mil reais, no ano, para as trabalhadoras.

Nesta semana, ainda estão previstas a realização de duas reuniões em Brasília, para que novas negociações tenham andamento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.