CDL emite nota sobre cobrança do estacionamento no período de Natal

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis esclarece que, desde janeiro de 2017, tem atuado em parceria com as demais entidades representativas e com a Administração Municipal de Capinzal, no sentido de retomar e aperfeiçoar o estacionamento rotativo – modalidade Zona Azul – na área central de Capinzal.

Como é de conhecimento popular, a falta de vagas para estacionamento da área central estava prejudicando a economia local e gerando um grande desconforto aos associados e a comunidade em geral que não encontrava vagas para estacionar.

Na segunda quinzena de janeiro deste ano, após a elaboração de um projeto de viabilidade técnica e econômica, da discussão com a sociedade e a realização do processo licitatório, o sistema de estacionamento rotativo foi novamente colocado em funcionamento. A ação foi publicamente reconhecida e mereceu elogios de todos os setores. A retomada do Sistema de Estacionamento Rotativo trouxe “vida” a economia da área central.

Desde a elaboração do edital do processo licitatório até a assinatura do contrato entre a Administração Municipal de Capinzal e a empresa G2, concessionaria do serviço público, sempre ficou explicita a cobrança de estacionamento rotativo nas ruas centrais durante os horários especiais de atendimento ao comércio, justamente para que houvesse a rotatividade de veículos e vagas para estacionamento.

Nos primeiros meses de vigência de contrato, a G2, em comum acordo com a Administração e as entidades, abriu mão excepcional dessa cobrança, embora fosse seu direito.

Recentemente, com a proximidade das festividades natalinas, poder público, entidades e a empresa concessionária reuniram-se novamente para o planejamento das ações para esta reta final de 2018. Oportunidade que, de forma democrática, todos os entes envolvidos optaram pela cobrança do estacionamento nas ruas de maior movimento, somente nos dias de horário estendido, justamente para agilizar o fluxo de veículos e evitar o problema de falta de vagas de estacionamento registrado ao longo de 2017 e de anos anteriores. Naturalmente havendo a cobrança de estacionamento a rotatividade será maior e o número de vagas na área central também.

Nessa semana, em razão de alguns comentários divergentes a essa cobrança, a CDL realizou uma consulta com os associados da área central e a grande maioria se manifestou favorável a cobrança nos horários estendidos, justamente para dinamizar o fluxo de veículos.

Dessa forma, com base nos preceitos legais e democráticos, a CDL mantem-se favorável a cobrança do estacionamento rotativo durante os horários especiais.

Como acordado previamente com a empresa, a cobrança será realizada em somente em datas dias do mês de dezembro. Nos dias 06 e 07 até às 21h; dias 19, 20 e 21 até às 22h e no dia 22 até às 17h. Ainda conforme acordo, a cobrança dar-se-á somente em pontos estratégicos onde ocorriam os chamados gargalos no passado, ou seja: em parte das ruas Ernesto Hachmann, XV de Novembro, Narciso Barison, Dona Linda Santos, Aparício Ribeiro e Vereador Rolindo Casagrande. O estacionamento das demais ruas poderá ser utilizado sem nenhum tipo de cobrança nesse período.

Nos dias 02 e 23 de dezembro, por ocasião da abertura e do encerramento das festividades natalinas, não haverá a cobrança do estacionamento.

Outro fator importante que deve ser observado é que o não cumprimento das cláusulas previstas no termo de contratação entre a Administração Municipal e a empresa G2 pode motivar a rescisão contratual e o município ficar novamente sem o estacionamento rotativo que seria, no entendimento da CDL e seus associados, um grande retrocesso para a economia local.

Na certeza de estarmos trabalhando em prol do desenvolvimento e crescimento da economia local,

Atenciosamente

Fernando Dorini

Presidente

Capinzal, 30 de novembro de 2018.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.