Com fiança reduzida de 20 para 7 salários mínimos, jovem que atropelou pedestre em Capinzal é solto

Capinzal – Foi colocado em liberdade provisória após pagamento de fiança o jovem de 25 anos que atropelou uma pedestre no último sábado (11) no Acesso Cidade Alta em Capinzal. J.M.A. conduzia uma caminhonete S-10 com placas de Capinzal quando atingiu a jovem de 23 anos, por volta das 19h nas proximidades do Mercado Borin. Ela estava na borda da via quando foi colhida pelo veículo que descia em direção ao centro.

A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Nossa Senhora das Dores de Capinzal. Posteriormente, ela precisou ser transferida ao Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) de Joaçaba.

A Polícia Militar foi acionada e constatou que o condutor apresentava visível estado de embriaguez (exaltação, odor etílico e falante), e ao fazer conferência de documentos constatou ainda que o condutor está com o seu direito de dirigir suspenso. Oferecido a ele o teste do bafômetro, foi recusado. Recebeu voz de prisão, o veículo foi removido junto ao pátio credenciado e o homem conduzido à delegacia de polícia de Joaçaba para o flagrante.

O juiz de plantão arbitrou fiança de 20 salários mínimos (R$ 18.740,00). Como não foi pago o valor ele foi recolhido ao presídio regional de Joaçaba. A advogada constituída para a defesa do jovem entrou com pedido de liberdade, sem fiança ou com a redução do valor.

O Ministério Público emitiu parecer favorável e o juiz Daniel Radünz, por sua vez, reduziu para sete salários mínimos (R$ 6.559,00) a fiança, a qual foi paga e o jovem solto no final da tarde desta terça-feira (14), mediante medidas cautelares enquanto transcorre o processo.

1 Comentário

  1. A vida do cidadão de bem não tem valor algum? Agora esse motorista imprudente está nas ruas novamente, arriscando a vida dos pedestres, futuramente a vítima pode ser eu, você ou seu familiar !
    A justiça está muito fraca, favorecendo pessoas como estás, que dirigem alcoolizadas e em alta velocidade ” Um crime” .

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.