Covid-19: Homem que morreu em Santa Catarina estava em um asilo com outros idosos

O idoso de 86 anos, o primeiro paciente a morrer em decorrência do coronavírus em Santa Catarina, deu entrada no Hospital Regional de São José, na segunda-feira, 23, dois dias antes de falecer.

O quadro clínico inicial era de desconforto respiratório associado à piora do estado de saúde geral, que estava debilitada. De acordo com os boletins médicos, ele não tinha histórico de febre e tosse.

Segundo comunicado da prefeitura de Antônio Carlos, na Grande Florianópolis, o idoso residia na cidade de Porto Belo até dia 17 de março. No dia 18, às 14h30, ele deu entrada como residente na Casa de Repouso Recanto do Arvoredo, conhecida como Casa de Repouso Francisca Helena, localizada no município.

Segundo informações, ele foi trazido pelo filho. “Tendo sofrido uma queda há duas semanas atrás, apresentando, no momento da entrada, diversas fraturas, leve anemia e infeção urinária, bem como histórico de Parkinson”, diz comunicado da prefeitura.

No dia 23, ele teria apresentado quadro de hipotermia e hipertensão, quando foi encaminhado ao Hospital Regional de São José, por volta das 11h45, onde veio a falecer.

Neste mesmo dia, a fiscal de Vigilância Sanitária de Antonio Carlos, com o acompanhamento da Polícia Militar, visitou a Casa de Repouso, para verificar se o local respeitava Nota Técnica específica para o enfrentamento do coronavírus nestas instituições.

“Durante a ação foi observado o uso dos Equipamentos de Proteção Individual pelos profissionais, tendo sido orientado aos responsáveis intensificar o treinamento para manejo de possíveis residentes com suspeita de Coronavírus. Verificou-se um estoque mínimo de EPIs e a dificuldade de compra-los, mesma dificuldade encontrada pelos serviços públicos de saúde”, completa a nota.

Atualmente, a casa de repouso possui 28 residentes idosos e 29 profissionais. A prefeitura de Antônio Carlos fará a coleta de exame para Covid-19 em todos os profissionais pela Vigilância Epidemiológica do município, com o apoio técnico do serviço Vigilância Epidemiológica da 18ª Regional de saúde.

Ainda, todos já receberam as orientações necessárias repassadas pela Vigilância Sanitária do município.

Primeira morte

O Governo do Estado confirmou na noite desta quarta-feira, 25, a primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina. A informação foi divulgada pelo governador Carlos Moisés (PSL) por volta de 0h desta quinta-feira, 26.

O paciente apresentava há dois meses uma piora do estado de saúde geral, com inapetência progressiva (recusa à alimentação) e aumento do grau de dependência para realização de tarefas diárias.

As amostras para testagem da Covid-19 foram colhidas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em função da característica do quadro.

O teste confirmou a presença de coronavírus SARS-CoV2. O paciente foi mantido em isolamento respiratório, mas morreu na madrugada de quarta-feira, 25.

Em vídeo divulgado na manhã desta quinta-feira, Moisés lamentou a primeira morte do idoso. “Você que é idoso, permaneça em isolamento social, se cuide, porque o momento é de ficar em casa”, enfatiza. (Com informações de O Município)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.