Criada comissão para elaborar um plano estadual de segurança pública

No máximo até junho, Santa Catarina poderá ter estabelecido um plano estadual de segurança pública. Os principais objetivos são elencar metas e o planejamento para os próximos contra a criminalidade, além de ações sociais.

O secretário da Segurança Pública (SSP), Alceu de Oliveira Pinto Júnior, tratou do assunto após uma reunião nesta quinta-feira com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina (OAB-SC), Paulo Brincas. Estavam presentes os chefes das polícias Civil e Militar, diretores da segurança e conselheiros da OAB.

Alceu criou uma comissão oficializada em portaria para elaborar o projeto do plano. Os integrantes são os comandantes das polícias, dos bombeiros, do Instituto Geral de Perícias e de diretorias da SSP. Eles têm até maio para concluir o trabalho.

Depois, o secretário disse que reunirá a OAB, secretarias de Estado, conselhos comunitários de segurança, jornalistas e demais instituições para finalizar a iniciativa ainda no primeiro semestre.

– Pretendemos organizar no papel e ter o planejamento até junho. Em Santa Catarina pelo que tenho conhecimento será algo inédito. Precisamos estabelecer como vamos agir a curto, médio e longo prazo – destacou o secretário, que pretende utilizar a experiência acadêmica (é doutor em ciência jurídica).

A OAB-SC colocou à disposição da SSP trabalhos desenvolvidos pelas 81 comissões temáticas, que envolvem dois mil profissionais da advocacia, para apoiar a ação. Brincas destacou as atividades das comissões sociais e de assuntos prisionais.

Queda da violência no primeiro trimestre

A atual cúpula da segurança assumiu em fevereiro, quando também foram empossados o novo comandante-geral da PM, coronel Araújo Gomes, e o delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Ghizoni. A estratégia inicial definida foi atacar as lideranças das organizações criminosas a partir de operações ”abafa” em áreas críticas com dados da inteligência.

De janeiro a março, houve queda de cerca de 20% dos homicídios no Estado em comparação com o mesmo período do ano passado. Um segundo passo prometido pela SSP ainda nas primeiras iniciativas é desenvolver projetos sociais nas comunidades vulneráveis. (NSC)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.