Crianças catarinenses aprendem lições sobre defesa agropecuária

Em Santa Catarina, alunos das escolas públicas e particulares recebem aulas sobre defesa agropecuária. A sanidade animal e vegetal é um grande diferencial do estado e para manter esse status a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) conta com o apoio das crianças como multiplicadores das ações de defesa agropecuária. Em 2017, serão 60 escolas parceiras do Projeto Sanitarista Júnior, em 30 municípios, alcançando mais de duas mil crianças.

O Projeto é um tema transversal no currículo das escolas catarinenses e tem o objetivo de ensinar as crianças sobre as doenças que acometem os animais, as pragas que podem danificar os vegetais e os cuidados com o uso de agrotóxicos. Durante as aulas, os alunos conhecem as ações da Cidasc na parte de fiscalização de insumos e identificação do rebanho bovino, além de aprender como se prevenir contra diversas zoonoses.

A educação sanitária é compreendida como atividade estratégica e instrumento de defesa agropecuária para garantir o comprometimento dos integrantes da cadeia produtiva e da sociedade em geral. Com a participação das crianças, o que é ensinado em aula acaba sendo transmitido para também para os seus familiares, que indiretamente aprendem sobre as ações de defesa.

Para motivar ainda mais o interesse das crianças pelas ações, o Projeto conta com aulas expositivas e saídas a campo. A coordenadora estadual do Projeto Sanitarista Junior, a engenheira agrônoma da Cidasc Patrícia Almeida Barroso Moreira explica que em 2016 foram 67 escolas envolvidas, alcançando 3.500 crianças em todo o estado, e a expectativa é superar esses números em 2017.

Educação Sanitária

O Projeto Sanitarista Junior é uma das principais ações de Educação Sanitária desenvolvidas pela Cidasc em Santa Catarina. A Educação Sanitária em Defesa Agropecuária é atividade estratégica e instrumento da Defesa Agropecuária, que visa garantir o comprometimento dos integrantes da cadeia produtiva agropecuária e da sociedade em geral no cumprimento dos objetivos.

Entende-se como Educação Sanitária em Defesa Agropecuária o processo ativo e contínuo de utilização de meios, métodos e técnicas capazes de educar e desenvolver consciência crítica no público-alvo. As diretrizes do Programa Estadual de Educação Sanitária em Defesa Agropecuária realizado pela Cidasc são a promoção da compreensão e aplicação da legislação de Defesa Agropecuária pelos entes envolvidos nas cadeias produtivas agropecuária e pela sociedade em geral; a promoção de cursos de educação sanitária para diversos públicos-alvo; a formação de multiplicadores; a promoção de intercâmbio de experiências e desenvolvimento de projetos interinstitucionais; e a utilização dos meios de comunicação como instrumento de formação e de educação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.