Crime brutal: Mulher morta em Machadinho recebeu 21 facadas; suspeito está foragido

Machadinho – Laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Passo Fundo, no Norte gaúcho, apontou que a mulher assassinada no fim de semana em Machadinho recebeu 21 facadas. O crime chocou o pequeno município. Sonia Baldissera, 39 anos, foi morta na manhã de sábado (28) no centro da cidade. O principal suspeito é o ex-companheiro dela, Jonas Ricardo Fonseca, 35 anos, que está foragido.

O casal estava separado e, segundo informações, ele não aceitava o rompimento da relação. A vítima foi esfaqueada, por volta das 11h30min, na loja pertencente a ela.  O Poder Judiciário da comarca de São José do Ouro expediu nesta segunda-feira mandado de prisão preventiva contra o suspeito, solicitado ainda no sábado pela polícia.

De acordo com a polícia Jonas teria ido até a loja e discutido com Sonia. Durante o desentendimento o suspeito sacou de uma faca e desferiu diversos golpes na mulher. A vítima chegou a ser socorrida com vida ao hospital local, mas não resistiu.

A Brigada Militar fez buscas ao homem que teria utilizado um Monza prata para fugir. A cena do crime foi periciada e a Polícia Civil investiga o caso. O corpo de Sonia Baldissera foi necropsiado e liberado aos familiares. O sepultamento ocorreu em Machadinho no domingo sob muita comoção. A mulher era muito conhecida na cidade e deixou um casal de filhos de outro relacionamento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.