Delegado de Santa Cecília dá detalhes sobre morte de chacareiro de forma cruel

Santa Cecília – O delegado da Polícia Civil de Santa Cecília, responsável por aquela Comarca, Gil Ribas, repassou na manhã desta quarta-feira (12), detalhes sobre o crime que chocou o pequeno município, onde um homem teve a casa queimada e seu corpo foi localizado num açude com as mãos amarradas.

Segundo o delegado, o filho do proprietário do local foi até o sítio no final da tarde de segunda-feira (10), e viu um veículo que fica no local em chamas, o homem se assustou e volto até onde dava sinal de celular e ligou para seu pai informar a Polícia Militar.

O homem foi até o sítio juntamente com a PM e chegando ao sítio, eles viram que além do carro, a casa do caseiro também havia sido queimada. Eles começaram a procurar o homem, quando viram o mesmo dentro do açude com as mãos atadas.

A Polícia Civil e o IGP foram acionados para fazer o levantamento dos fatos. Os Bombeiros Militares de Santa Cecília também foram acionados para retirar o corpo do açude. Segundo o delegado, ele ainda não possuiu o laudo do IML, mas já se sabe que o homem foi morto.

“Eu ainda não tenho o laudo cadavérico, então não tenho como afirmar a real causa da morte, mas aparentemente a vítima tinha uma contusão na cabeça, uma lesão perfurante no peito, próximo ao coração e estava dentro da água”, disse.

O delegado disse ainda que somente o exame cadavérico é que dirá se a vítima morreu devido aos ferimentos ou ao afogamento, uma vez que ele estava submerso no açude. “Foi instaurado inquérito policial já na manhã desta terça-feira e já procedemos a oitiva de diversas pessoas para tentarmos chegar ao nome de um suspeito”, comentou Ribas.

“Temos algumas linhas de investigação, mas nada conclusivo, uma vez que o local é um lugar ermo, onde a vítima morava sozinha. O carro e a residência foram incendiados e isso atrapalha bastante as investigações. Ainda não sabemos se trata-se de um crime de homicídio ou latrocínio” finalizou. (Reportagem Folha Regional)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.