Dia D da vacina contra gripe levou piratubenses à Unidade Básica de Saúde

A rotina de prevenção contra o vírus H1N1 da Influenza, começou cedo na Cidade das Termas. Logo nas primeiras horas da manhã de sábado (04), já era grande a procura pelo serviço público de saúde na Unidade Básica de saúde – (UBS).

Pra garantir atendimento eficiente à todos os pacientes, a Secretaria da Saúde, mobilizou suas equipes para um sábado de intensas atividades.  O setor também adotou horário especial de funcionamento, começando a atender 07:30 da manhã, indo até às 05:00 da tarde, sem fechar ao meio-dia.

O Agricultor Adão Ubiali, de 48 anos de idade, foi um dos 60 pacientes atendidos no período da manhã.  Segundo a equipe de enfermagem da UBS de Piratuba, é preciso repetir a vacina todos os anos, uma vez que ela é feita de acordo com os vírus que estão circulando mais.

Entre os grupos mais indicados estão: idosos, crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas, mulheres até 45 após o parto, trabalhadores da saúde, indígenas, professores, integrantes das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, presos e pessoas com doenças crônicas, como diabetes e asma.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), recomenda que 90% do público alvo da campanha, seja imunizado. Mas em Piratuba, segundo o setor de vacinação, a previsão é que se garanta 100% de cobertura vacinal no período.

A orientação das profissionais de enfermagem da Secretaria da Saúde de Piratuba, é para que as pessoas que não tiveram oportunidade de acesso à vacina durante o Dia D, para que ainda assim aproveitem as últimas semanas de vacinação procurem a secretaria; já que o quanto antes tomar, melhor, uma vez que a vacina leva em média duas semanas para proteger o organismo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.