Diretor comercial da G2 esclarece questionamentos sobre informativo do estacionamento rotativo

Estacionamento Rotativo

Capinzal – A empresa G2 Empreendimentos Logísticos, responsável pela administração do estacionamento rotativo em Capinzal, se manifestou sobre uma reclamação encaminhada aos meios de comunicação através de correspondência anônima. A carta questiona a ausência de algumas informações no informativo distribuído pela empresa antes do início de operação do sistema.

A carta questiona a ausência de dados como o nome e o CNPJ da empresa responsável, horários diários em que são obrigatórios os cartões e em que dias da semana. O diretor comercial da G2, Jones Alves, concedeu entrevista esclarecendo a situação.

Alves agradeceu a manifestação e disse que isso é importante para a empresa. “Sobre essa questão que foi levantada através de correspondência, o que é muito bom, quando a população participa de forma ativa, seja com reclamações, seja com sugestões, isso é muito importante. Nós, enquanto empresa, ficamos muito felizes em que realmente haja isso, a participação, e solicitamos inclusive que as pessoas que tenham alguma outra, ainda que seja reclamação, ou sugestão ou ideias para o melhor funcionamento do estacionamento rotativo em Capinzal que possam estar enviando através da imprensa ou diretamente à empresa que nós, com certeza, estaremos aceitando e analisando cada uma delas”, ressalta.

Sobre os questionamentos, Alves explica que o informativo distribuído na cidade, sem constar CNPJ, telefone, endereço, dias de funcionamento, quais dias da semana, entre outras informações, foi uma decisão facultativa da empresa após discutir o funcionamento com o poder público municipal.

“Esse informativo, como o próprio nome diz, ele é apenas e somente um informativo, ele não tem valor legal, ele não é um documento legal, não havia necessidade de ser distribuído este material, a empresa o fez por achar interessante uma campanha de educação como nós fizemos na primeira semana. Foi uma conversa que tivemos com o Poder Público, com o prefeito e em que ele pediu que antes de iniciar a cobrança definitiva, que a empresa realizasse uma campanha educativa. Foi aí que nós tivemos a ideia, então, de estar distribuindo esses panfletos, esses informativos na cidade”, completa.

O diretor comercial da G2 enfatiza que, à época a empresa estava em processo de abertura de filial, o que impediu a veiculação dos dados. “À época nós nem havíamos, ainda, aberto, propriamente dito, a filial. Estávamos em via de abertura, então nós não tínhamos ainda o endereço correto, não tínhamos um telefone, um número de telefone. Você sabe que uma linha telefônica você não consegue da noite para o dia. Então, por esse motivo não constou nesse informativo o endereço, telefone da empresa. Quando se alega que não havia as informações dos dias e horários que o sistema funcionaria, essas informações elas estão muito claras nas próprias placas que existem na cidade, então, foi desnecessária essa informação no informativo até porque se você começa a colocar muita informação no papel, as pessoas acabam não lendo, fica cansativo, informação demais também acaba atrapalhando”.

Por fim, Jones Alves pontua que a empresa optou, naquele momento, apenas por alertar os motoristas e usuários do estacionamento rotativo que, a partir de determinada data começaria a cobrança do estacionamento rotativo no município. “Assim, tentando evitar, assim, que as pessoas fossem pegas de surpresa e, de repente, fossem multadas como, infelizmente, muitos usuários foram e estão sendo ainda hoje, porque infelizmente ainda existem alguns usuários que não respeitam o sistema, acabam achando que não estão sendo multados e estão sendo multados. No primeiro mês foram emitidas cerca de 80 multas por estacionamento irregular no município de Capinzal. Então foi por esses motivos que naquele informativo não constavam essas informações”, finaliza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.