Distrito Barra do Leão será beneficiado com internet banda larga

O presidente da república Michel Temer assinou o termo de adesão ao programa Internet para Todos, que vai levar a conexão banda larga de alta velocidade a todas as localidades do país, por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC).

A cerimônia de assinatura foi realizada na tarde da última segunda-feira (12), no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília. Além do presidente da república, o evento contou com a participação do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Gilberto Kassab e diversos outros membros do governo, além de governadores e cerca de 2,3 mil prefeitos, dentre eles o prefeito de Campos Novos, Silvio Alexandre Zancanaro.

Campos Novos está entre os municípios selecionados. O prefeito Zancanaro comemorou a conquista e informou que 16 comunidades do interior serão beneficiadas: Distrito da Barra do Leão, Dalpai, Espinilho, Corredeira, Bela Vista, Encruzilhada, Assentamento 30 de Outubro, Ibicuí, Nova Machadinho, Serraria Pacheco, Fazenda Velha, Serraria Weiss, Reassentamento Gerasul, Sepé Tiaraju, Guarani e Aguapé.

“Poderemos levar a internet banda larga para todas as escolas, postos de saúde e pontos públicos da comunidades, dando condições iguais para todos. Com a globalização, buscamos cada vez mais a informatização para estarmos inseridos em todos os meios, dando a todos a oportunidade da informação, trazendo melhor comodidade. Infelizmente nem todos os municípios foram inseridos, mas comemoramos essa conquista para Campos Novos”, relatou.

O termo de adesão vai definir a infraestrutura básica e as condições para a participação de cada município. Os municípios que entraram na primeira fase do Internet para Todos começarão a receber as antenas em maio, de acordo com o MCTIC, que prevê instalar 200 antenas por dia.

“O preço será inferior àquele que é pago pelo usuário normal de telefonia por conta da isenção tributária desse programa. Eu não vou aqui me aventurar a falar quanto [será menor], mas [será] da ordem de um terço”, declarou o ministro Kassab.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.