Divisão de Investigação Criminal assume caso da mulher assassinada na Vila Sete de Julho

Capinzal – A Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Joaçaba assumiu o caso da morte da mulher de 60 anos, cujo corpo foi encontrado na noite desta quarta-feira (08) na Vila Sete de Julho em Capinzal. A informação foi repassada pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) que realizou o exame de necropsia. O laudo será elaborado pelo médico-legista e será encaminhado diretamente à DIC.

Em contato com a reportagem na tarde desta quinta-feira, o IML preferiu não informar detalhes sobre o exame. Entretanto, informações preliminares dão conta de que o corpo possuía sinais de violência sexual. A ocorrência foi registrada por volta das 23h15min na rua Francisco Assis de Almeida.

A Polícia Militar foi acionada por morador que informou ter sido chamado pelo namorado da vítima. Este teria encontrado o corpo de Rosina Dalapria sobre a cama. Os policiais foram ao local e confirmaram que a mulher não apresentava os sinais vitais. No local foi constatado que a vítima estava deitada com a barriga para baixo, com metade do corpo em cima da cama, sem as calças e roupas íntimas, indicando suposta violência sexual.

Ainda possuía outros vestígios de violência sexual, além de lesões na cabeça. Havia também no local uma faca com sangue. A guarnição efetuou o isolamento da área e solicitou a presença da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias de Campos Novos, que fez a remoção do corpo ao IML de Joaçaba.

Na manhã desta quinta-feira a delegada responsável pelo caso, Fernanda Gehlen da Silva, informou que aguarda as informações do IGP para aprofundar as investigações. De acordo com informações confirmadas pela polícia, a casa da vítima estaria trancada, sendo que a chave da cozinha teria sido levada enquanto a chave da sala estaria na fechadura pelo lado de dentro. As lâmpadas do imóvel estavam desroscadas e o dinheiro que a vítima tinha na bolsa teria sido levado pelo assassino.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.