Duas ocorrências de violência doméstica são registradas pela Polícia Militar de Capinzal

Capinzal – A Polícia Militar foi até a Rua Ricieri Lanhi, Vila Sete de Julho, onde uma mulher teria sido agredida pelo companheiro. No local foi conversado com a vítima que informou que seu companheiro estaria embriagado e querendo dinheiro e a ofendeu, ameaçou de morte e lhe agrediu com socos. Na chegada da guarnição o autor já havia se evadido do local com o veículo do casal. Diante do fato a guarnição fez o levantamento fotográfico e confeccionou o boletim.

Depois a PM foi até a Rua Dona Maria Angélica Almeida. Ao receber a ligação a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) teve muita dificuldade para pegar as informações, devido ao fato o autor gritava com as vítimas e falava que não era para ligar para a polícia, isso tudo gravado pelo 190. Foi entrado em contato com a filha para conseguir informações, a qual estava muito apavorada.

A vítima e a filha estavam trancadas no apartamento, pois o autor não deixava ela sair. A vítima relatou que há tempo vem sofrendo agressões, que no dia de ontem ele a pegou pelo cabelo e batia com a cabeça na parede. Quando a guarnição chegou ao local, conseguiu constar que o autor estava alterado e gritando com as vitimas, que mãe e filha estavam muito apavorada e com medo do autor, ficavam em pânico a cada momento que ele se aproximava delas. Diante da situação, a guarnição conduziu ambas as partes até a delegacia da polícia civil para procedimento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.