Eleições 2020: Candidatos e partidos serão responsabilizados por fake news

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) incluiu na minuta de resolução que contém orientações para as eleições de 2020 um mecanismo que pretende evitar as fake news durante a disputa eleitoral.

O texto também determina que é preciso demonstrar o uso de fontes de notória credibilidade para embasar a informação.

As alterações feitas na minuta ainda vão passar por consulta pública em novembro, receber sugestões e então serem votadas pelo plenário do TSE em dezembro.

As resoluções do TSE tratam dos aspectos práticos da eleição, como propaganda eleitoral, financiamento e fiscalização do processo e servem como orientação aos juízes eleitorais.

São aprovadas no fim do ano anterior ao de eleição e funcionam como um complemento da lei eleitoral.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.