Em Fraiburgo, Colombo confirma apoio financeiro para reconstrução e auxílio aos atingidos por temporais

Fraiburgo – O governador Raimundo Colombo esteve em Fraiburgo, no Meio-Oeste, na manhã desta quinta-feira, 20, onde participou de uma reunião de avaliação dos prejuízos causados pelo granizo e por fortes ventos. Os temporais ocorreram por dois dias seguidos, na terça, 18 e nesta quarta-feira,19. Colombo lamentou os dois óbitos registrados no município em decorrência dos fenômenos climáticos e destacou que, além de prestar solidariedade às famílias afetadas, o Estado será parceiro no que for preciso para a reconstrução.

“Nesse momento de emergência, a ação das nossas equipes é no sentido de distribuir o material necessário e devolver a condição de vida normal para todos. Também vamos dar o apoio financeiro à prefeitura, para que ela possa desenvolver as ações de defesa e de recuperação dos danos no município”, afirmou Raimundo Colombo. O governador explicou que o município já decretou estado de emergência e que, a partir dessa medida, os recursos financeiros são liberados imediatamente, o que dá agilidade ao trabalho de auxílio aos atingidos.

Durante a reunião, o prefeito de Fraiburgo, Ivo Biazzolo, representantes das forças de segurança do Estado e o secretário da Defesa Civil estadual, Rodrigo Moratelli, apresentaram relatórios preliminares da situação no município. De acordo com o cronograma de trabalho definido em parceria entre estruturas estaduais e do município, as ações se concentram na área urbana onde 2,2 mil pessoas tiveram as residências afetadas. A infraestrutura pública de Fraiburgo também teve prejuízos em prédios de escolas, posto de saúde, hospital e a própria prefeitura.

O secretário Rodrigo Moratelli informou que a partir da tarde desta quinta-feira, 20, oito equipes farão a distribuição das telhas de casa em casa. O trabalho deve durar três dias com uma distribuição diária de sete mil telhas. “O quadro de destruição das causas vai de pequena a grande monta, por isso, esse trabalho tem que ser rápido e com prioridade às pessoas de vulnerabilidade social”, completa Moratelli.

Na área agrícola, o prejuízo estimado é de R$ 9 milhões, sendo que o setor da fruticultura de caroço foi o mais prejudicado, levando em conta o desenvolvimento precoce de algumas variedades de frutas.

De acordo com o prefeito Biazzolo, o atendimento no posto de saúde e no hospital está ocorrendo de forma normal. Os cerca de 1,5 mil alunos das escolas que foram mais prejudicadas e que estavam com aulas suspensas, também devem retomar as atividades a partir desta sexta-feira, 21.

Defesa Civil alerta sobre riscos durante o trabalho de reconstrução

De acordo com o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, é do instinto dos chefes de família tentar controlar situações adversas que possam ameaçar a tranquilidade e a vida. Em fenômenos climáticos, como os que ocorreram em Fraiburgo, é comum as pessoas subirem em telhados para, sozinhas, consertarem e cobrirem as casas. A prática, segundo Moratelli, só deve ser feita por quem conhece esse tipo de trabalho e, com os devidos equipamentos de segurança, ou a melhor opção: contratando um serviço com mão de obra especializada.

Um dos óbitos registrados em Fraiburgo, foi devido a queda de uma pessoa que tentava realizar o conserto em casa, 24 horas depois de ocorrido o temporal. Ao todo, até agora, já foram registrados pelo menos nove acidentes com queda de nível, e outras 60 pessoas feridas durante esse processo envolvendo o trabalho no telhado das casas.

“Quando a Defesa Civil distribui lonas é para proteger o patrimônio que as pessoas têm dentro de casa. Se você subir no telhado está se expondo ao risco de transformar uma crise que está acontecendo no município em um desastre familiar”, alerta Rodrigo Moratelli.

O governador estaria no Oeste nesta quinta-feira, mas a agenda foi cancelada devido ao mau tempo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.