Em nota, PGR confirma que não investigará Bolsonaro

Nesta quarta-feira (30), a Procuradoria-Geral da República (PGR) emitiu uma nota para confirmar que o nome do presidente Jair Bolsonaro não será incluído nas investigações do caso Marielle Franco.

De acordo com o texto, serão apuradas apenas suspeitas de obstrução de Justiça, falso testemunho ou denunciação caluniosa no depoimento do porteiro do condomínio do presidente.

Leia, abaixo, co comunicado:

“A Procuradoria-Geral da República confirma que foram arquivadas as informações sobre a suspeita de envolvimento do presidente da República no assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes. O documento é sigiloso e não pode ser compartilhado, assim como outros detalhes da investigação.

Já o pedido do Ministério da Justiça para apurar suspeitas de obstrução à Justiça, falso testemunho ou denunciação caluniosa com relação a depoimento prestado por testemunha na investigação do assassinato foi recebido vai ser apurado pelo MPF no Rio de Janeiro.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.