Embargo da Rússia afeta três unidades da Seara e uma da BRF em Campos Novos

De acordo com informações disponíveis no site do serviço sanitário russo (Rosselkhoznadzor), divulgadas na terça-feira (21) pelo Valor Econômico, o embargo da Rússia sobre a carne suína e bovina do Brasil, terá início no dia 4 de dezembro. O veículo noticiou ainda que proibição afeta três unidades da Seara (JBS), e uma da BRF.

As unidades da JBS estão localizadas nos municípios de Seara (SC), Itapiranga (SC) e Frederico Westphalen (RS). O da BRF fica em Campos Novos (SC).

Ractopamina

O embargo se dá após constatação do mercado russo de ractopamina na carne, aditivo que é proibido naquele país, mas permitida em outros mercados. No Brasil, pode ser usada na produção de suínos, mas é proibida na de gado bovino.

Procurada pelo Valor, a JBS manteve o mesmo posicionamento que divulgou na semana passada, quando o embargo de Moscou ainda estava no terreno das ameaças, reafirmando que a companhia não tem qualquer informação proveniente do mercado da Rússia referente ao cumprimento dos requisitos legais em vigor para exportação a este mercado. Já a BRF também não havia sido notificada.

O site do Valor reforçou que o embargo foi confirmado em um momento de pressão de Moscou pela abertura do mercado brasileiro para o trigo, a carne bovina e os pescados russos. A abertura foi recentemente prometida pelo ministro Blairo Maggi, mas ainda não ocorreu. Com informações Valor Econômico.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.