Escritora Ourense lança seu 5º livro “O descobrir de Mariana”

Ouro – Na segunda-feira (5), nas dependências da Escola Municipal Felisberto Vilarino Dutra, a Secretaria da Educação do município de Ouro promoveu o lançamento do livro “O Despertar de Mariana”, de autoria da escritora Ourense Maria Helena Bazzo.

Na mesma oportunidade foi realizado o ato Cívico em homenagem ao dia 07 de setembro – Dia da Independência do Brasil.

Durante todo o dia a escritora Maria Helena, esteve trabalhando a divulgação de seu livro junto aos alunos e aos demais presentes.

Maria Helena, natural do município de Ouro, desde pequena gostava de ouvir histórias contadas e lidas pela avó, pais, primos e vizinhos. Na escola, ainda criança, sua aula preferida  era a de leitura. Abraçava e cheirava os livros como se eles tivessem vida.

Quando teve seus filhos André e Fernanda, entre seus afazeres de mãe, contou muitas histórias para eles – lidas e inventadas pela sua imaginação, que já dava sinais d que, ema algum momento de sua vida elas sairiam das páginas aéreas para o papel.

Professora de séries iniciais fazia das aulas de leitura e de escrita um laboratório criativo, onde a imaginação e o sonho eram permitidos. Atuou como professora na rede estadual, municipal e particular de ensino, deixando como legado a valorização da leitura como ato de liberdade de escolha.

Quando a aposentadoria chegou, era hora de atrever-se a compartilhar suas memórias. “Olhos de espiar, Boca de Contar” foi o seu primeiro livro, lançado em 2011. De lá para cá, a escritora Ourense desafiou-se a publicar um livro por ano. E recebemos, então o “Que Saco”, “Papel de Gente”, “Asas de Pirilampo” e nessa segunda-feira (5) lançou “O Descobrir de Mariana”, seu mais novo livro.

A escritora comenta que outras histórias já estão alinhavadas para as crianças e em breve serão lançadas.

02

(Imprensa Ouro)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.