Estudante de Luzerna desenvolve braço robótico para ajudar em cirurgias

Luzerna – Entre os 102 projetos aprovados esta semana para a sexta edição do programa Sinapse da Inovação do Estado, um contempla o desenvolvimento de braço robótico para manipular a câmera em cirurgias minimamente invasivas, serviço que hoje é feito por uma pessoa. A invenção do assistente cirúrgico robótico é do estudante Robison Wille, que cursa engenharia de automação no Instituto Federal Catarinense, em Luzerna. Conforme o estudante, o robô oferecerá mais qualidade de imagem, melhorando as condições para os médicos fazerem cirurgia. 

– Dentro de um ano, a gente deve ter o lote piloto para vender no comércio. O que pode atrasar isso é o registro da Anvisa – afirma Wille.

Para comercializar, ele já tem uma empresa parceira, a New Medical Technology, de Eduardo Tedesco, também do setor de tecnologia hospitalar de Luzerna. Esse impulso na região vem com a incubadora tecnológica do município, observa o prefeito Moisés Diersmann (PSD), que acompanhou os jovens no evento de divulgação do Sinapse, quarta-feira, no gabinete do governador Raimundo Colombo. Na foto, Wille (E), o prefeito e Tedesco. (Fonte: Estela Benetti/DC)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.