Estudantes da Escola Major Cipriano de Zortéa participam da 25ª edição do Parlamento Jovem Catarinense

Zortéa – Cinco estudantes da Escola de Educação Básica Major Cipriano Rodrigues de Almeida, de Zortéa, participam em Florianópolis nesta semana da 25ª edição do Parlamento Jovem Catarinense promovido pela Assembleia Legislativa. No total são 40 estudantes do Ensino Médio de oito escolas acompanhados por 16 professores. São alunos escolhidos em votação pelos colegas para representá-los na Semana da Jornada Parlamentar.

No decorrer da semana o grupo terá a possibilidade de vivenciar a rotina dos deputados estaduais em atividades no Palácio Barriga Verde. Da EEB Major Cipriano Rodrigues de Almeida participam os alunos Arieli Gomes, Luana Almeida, Joenir Franceschi, Maria Heloísa Moro e Mateus da Luz Bareta.

Os estudantes deverão apresentar, analisar e votar propostas nas comissões e em plenário, reproduzindo o processo legislativo realizado na Assembleia. Nas fases preparatórias do Parlamento Jovem foram definidas algumas matérias a serem analisadas pelos estudantes. São um total de 17 projetos de lei, duas moções, um requerimento e um projeto de emenda à Constituição, que visa criar lei específica municipal de urbanização para supressão de árvores nativas urbanas.

Todas as matérias discutidas e aprovadas pelos estudantes poderão ser aproveitadas pelos deputados estaduais e, dessa forma, passarem a tramitar na Casa como projetos de lei. Várias ideias apresentadas pelos estudantes que participaram de outras edições do Parlamento Jovem viraram leis. Uma, por exemplo, proíbe o uso de aparelhos sonoros com alto-falantes no transporte coletivo intermunicipal (Lei 15.982).

O programa Parlamento Jovem prevê momentos de reflexão e ampliação de conhecimentos sobre política, democracia e sobre o funcionamento do Poder Legislativo. É para estudantes com até 21 anos, matriculados no ensino médio das redes pública e privada de Santa Catarina. A realização é do Núcleo Quarenta estudantes do ensino médio, acompanhados por 16 professores, de várias regiões do estado participam na próxima semana da 25ª edição do Parlamento Jovem Catarinense na Assembleia Legislativa, em Florianópolis. São alunos de oito escolas escolhidos em votação pelos colegas para representá-los na Semana da Jornada Parlamentar. No decorrer da semana, o grupo terá a possibilidade de vivenciar a rotina dos deputados estaduais em atividades no Palácio Barriga Verde.

Os estudantes deverão apresentar, analisar e votar propostas nas comissões e em plenário, reproduzindo o processo legislativo realizado na Assembleia. Nas fases preparatórias do Parlamento Jovem foram definidas algumas matérias a serem analisadas pelos estudantes. São um total de 17 projetos de lei, duas moções, um requerimento e um projeto de emenda à Constituição, que visa criar lei específica municipal de urbanização para supressão de árvores nativas urbanas. Todas as matérias discutidas e aprovadas pelos estudantes poderão ser aproveitadas pelos deputados estaduais e, dessa forma, passarem a tramitar na Casa como projetos de lei. Várias ideias apresentadas pelos estudantes que participaram de outras edições do Parlamento Jovem viraram leis. Uma, por exemplo, proíbe o uso de aparelhos sonoros com alto-falantes no transporte coletivo intermunicipal (Lei 15.982).

O programa Parlamento Jovem prevê momentos de reflexão e ampliação de conhecimentos sobre política, democracia e sobre o funcionamento do Poder Legislativo. É para estudantes com até 21 anos, matriculados no ensino médio das redes pública e privada de Santa Catarina. A realização é do Núcleo de Educação para a Cidadania da Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, com duas edições por ano. A primeira deste ano ocorreu no início de julho.

A iniciativa busca incentivar a participação política da juventude. “Temos que falar de política nas escolas com os jovens para desconstruir a visão negativa sobre ela. Se não os estimularmos a conhecer como funciona o Poder Legislativo por dentro e saber como podem atuar de forma diferente, não vamos ter perspectiva pela frente”, salientou a gestora do Núcleo, Lea Medeiros Cardoso.

Escolas participantes

Região Sul – EEB João Frassetto (Criciúma)

Região Oeste – EEB Jurema Savi Milanez (Quilombo)

Região Meio Oeste – EEB Major Cipriano Rodrigues de Almeida (Zortéa)

Planalto Serrano – Colégio Motivação (Correia Pinto)

Região do Planalto Norte – Colégio Mafrense (Mafra)

Região do Vale do Itajaí – EEB Leticia Possamai (Pouso Redondo)

Região Nordeste – EEB Professor Nicola Batista (São Francisco do Sul)

Grande Florianópolis – EEB Maria do Carmo Lopes (São José)

Essas escolas foram sorteadas pelos deputados em sessão plenária no dia 27 de novembro de 2018.

Região do Planalto Norte – Colégio Mafrense (Mafra)

Região do Vale do Itajaí – EEB Leticia Possamai (Pouso Redondo)

Região Nordeste – EEB Professor Nicola Batista (São Francisco do Sul)

Grande Florianópolis – EEB Maria do Carmo Lopes (São José)

Essas escolas foram sorteadas pelos deputados em sessão plenária no dia 27 de novembro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.