Estudo inédito revela detalhes da execução do poço termal, perfurado pela Petrobras em Piratuba

A Companhia Hidromineral de Piratuba, concluiu nesta semana, o exame de perfilagem óptica do poço termal. O procedimento recomendado por especialistas é semelhante à uma endoscopia humana e avalia a vida útil da fonte.

A sondagem, realizada por uma empresa do interior paulista, especializada no segmento, serve para identificar possíveis alterações que possam prejudicar a estrutura ao longo do tempo.

Além de imagens em tempo real, um diagnóstico completo em vídeo, deve entregue pela empresa nos próximos dias.

Segundo o diretor-presidente das Termas Piratuba, Jair Gomes, o procedimento concluído nesta semana, teve a primeira etapa executada no início do mês. Uma microcâmera conectada à um sistema que funciona em uma unidade móvel, foi enviada às profundezas da terra, revelando fatos inéditos da perfuração: “ Ao contrário do que historicamente afirmamos, em vez de 674 metros a profundidade do poço é na verdade de 700 metros. O revestimento das paredes, chamado de  encamisamento, feito pela Petrobras em 1964, agora sabe-se que tem exatamente 84 metros, divididos em 9 barras de canos de ferro fundido soldados um ao outro”, afirma Gomes.

Ainda de acordo com a presidência da Cia Hidromineral, é preciso aguardar o resultado das microfilmagens e o laudo, para se saber qual o real estado de conservação do poço termal e necessidades de intervenção. “Precisamos estar atentos para sabermos se as medidas até aqui adotadas pela gestão são suficientes ou se é preciso melhorar ainda mais a qualidade técnica da da estrutura que é considerada o coração do nosso município e fonte de renda grande parte da população piratubense”, conclui diretor Jair Gomes.

A empresa responsável pelo procedimento é a Hidroimagem, sediada em Araraquara – SP, que desde 1989, atua com eficiência no mercado, evidenciando-se como uma das mais experientes corporações no ramo de perfilagem ótica e geofísica, como avançada tecnologia à disposição do setor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.