Fachin homologa delação que atinge Renan Calheiros

Cerimônia de posse do novo presidente do TCU, Raimundo Carreiro, presente o presidente Michel Temer, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (PMDB-RS). Brasilia, 14-12-2016. Foto: Sergio Lima/PODER 360.

Brasília – O ministro Edson Fachin homologou a delação de Jorge Luz — antigo lobista da Petrobras e operador do MDB — que relatou à PGR pagamentos milionários de propina a Renan Calheiros e seu grupo político, publica O Globo.

O acordo, que é mantido sob sigilo no STF, foi homologado no fim do mês passado. Nele ficou acertado um ressarcimento de aproximadamente R$ 40 milhões aos cofres públicos.

Segundo relato de Jorge Luz, o lobista repassou ao menos R$ 11,5 milhões para o grupo político composto por Renan, Jader Barbalho, Silas Rondeau e o deputado federal Aníbal Gomes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.