Família é assassinada com 50 tiros, no PR; outras três crianças e mulher ficaram feridas

No domingo (15), três pessoas de uma mesma família foram mortos, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. Segundo delegado que investiga o caso, o homem que dirigia o carro atingido pelos tiros tinha envolvimento com tráfico de drogas. Ele, a esposa e um filho foram mortos com cerca de 50 tiros.

Robson Ferreira, de 31 anos, Daniele Ferreira, de 27 anos e Breno, de seis anos, foram mortos quando chegavam em casa, no bairro Chapada. Outras duas crianças que estavam no carro, filhas do casal, foram atingidas por estilhaços e ficaram feridas. Uma mulher, de 26 anos, e uma outra criança que estavam na calçada também tiveram ferimentos e foram encaminhadas ao hospital.


Daniele, Robson e Brenno foram mortos com cerca de 50 tiros quando chegavam em casa, em Ponta Grossa — Foto: Reprodução/RPC

De acordo com o delegado-chefe da Polícia Civil de Ponta Grossa, Nagib Palma, Robson estava envolvido com o tráfico de drogas, tinha acabado de deixar a prisão e usava tornozeleira eletrônica, cumprindo pena por roubo.

“Pela forma que foi feito, pelo procedimento desse crime, e pelo vínculo das pessoas atingidas, queremos crer que é um acerto de contas. É uma briga do mundo do crime”, afirmou Palma.

Segundo o delegado, Robson era o principal alvo do crime.

“Mas claro que nada justifica, quanto mais quando uma criança vem a óbito”, disse Palma.

Ninguém foi preso

A polícia ainda investiga a autoria do crime. Ninguém foi preso até o momento.

De acordo com a Polícia Civil, um carro foi encontrado abandonado e queimado. A suspeita é de que o veículo tenha sido usado no crime. (Informações G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.