Familiares chegam ao Chile para reconhecer os catarinenses mortos em apartamento

Santiago/Chile – Os familiares dos cinco catarinenses e uma goiana, que foram encontrados mortos em um apartamento no Chile, chegaram na segunda-feira (27) ao país. Eles chegaram por volta das 22h45, no Aeroporto de Santiago. Os parentes foram até o local para fazer o reconhecimento e a liberação dos corpos.

Conforme informações da NSC, o deslocamento dos familiares até a capital chilena foi acertada em uma videoconferência com o consulado brasileiro no Chile. A legislação do país vizinho prevê que o reconhecimento deve ser feito por parentes de primeiro grau. Os últimos exames devem ser feitos para que ocorra a liberação dos corpos.

Familiares, segundo a NSC, na última semana informaram que há intensão de realizar um velório coletivo, em Biguaçu/SC.  Ainda não há confirmação sobre quando será feito o traslado.  Ainda segundo informações do portal, a perícia que aponta as causas das mortes dos seis brasileiros ainda não foi concluída.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.