Gaúcho usava granada capaz de destruir blindados para apoiar porta de galinheiro

Alegrete – Fazendeiro de Alegrete, no Rio Grande do Sul, usou por quatro anos uma granada para segurar a porta de seu galinheiro. Cléber Valmir Flores havia encontrado a peça em sua propriedade há mais de dez anos e não sabia o que era o artefato. “Tinha que colocar alguma coisa para escorar, aí botei aquela que era pesada”, contou. O fato ocorreu em 2017.

A peça, capaz de destruir blindados, foi transportada por Cléber em seu próprio carro. Seu cunhado Amilton Araújo Silva, que já tinha servido ao Exército, foi quem desconfiou da peça e chamou os militares.

“Eu já tinha servido ao Exército. Procurei tirar ela, colocar num lugar mais seguro e procurar o Exército, pra consumir com ela. Porque algum dia poderia acontecer algum problema”, disse Amilton. Pesando cerca de 5 kg, a granada foi destruída no começo de maio pelo Exército.

Segundo os especialistas, o artefato era usado como munição de tanques de guerra. “É uma granada provavelmente de artilharia e ela estava muito oxidada, sem as inscrições visíveis do lote ou do ano de fabricação”, explicou Luis Sérgio da Costa Souto, comandante do 10º Batalhão Logístico de Alegrete.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.