Gilmar confirma que STF não vai julgar habeas corpus de Lula nesta terça

Former Brazilian President Luiz Inacio Lula da Silva gestures during a news conference after being convicted on corruption charges, in Sao Paulo, Brazil July 13, 2017. REUTERS/Nacho Doce

Brasília – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes confirmou ao jornal Zero Hora que o habeas corpus em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não será julgado nesta terça-feira (25), na Segunda Turma da Corte.

Gilmar afirmou que o fato do processo ser o 12º item da pauta, além da proximidade com o recesso do Judiciário, que começa em julho, são os motivos pelos quais o habeas não deve ser julgado.

A defesa do ex-presidente Lula já pediu a presidente da 2ª turma, ministra Cármen Lúcia, para que inverta a pauta, alegando que habeas corpus estão entre os processos que têm prioridade de análise.

A defesa de Lula alega a suspeição de Sergio Moro na condução do processo do triplex do Guarujá, em São Paulo.

 Segundo os advogados de Lula, o caso do ex-presidente teria preferência por envolver um réu preso, com mais de 70 anos e já ter tido seu julgamento iniciado pelo colegiado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.