Governo pretende acabar com auxílio para famílias de presos

Brazilian President Michel Temer attends the inauguration ceremony of the new Culture Minister Sergio Sa Leitao at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil, on July 25, 2017. / AFP PHOTO / EVARISTO SA
Está sendo estudada pelo governo Temer a possibilidade de cortar o auxílio-reclusão dado à família de presidiários contribuintes do Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS. O Ministério da Fazenda divulgou cálculos indicando que a medidada geraria uma economia de R$ 600 milhões no ano que vem. As informações são do blog Coluna do Estadão.
O projeto já é defendido por ministros, embora esteja apenas em fase inicial de discussão. Em entrevista à coluna, um deputado teria comentado: “Não é pra fazer caixa. Isso é um absurdo. Na situação que o país está? Benefício para preso?”.
Na atual conjuntura de crise política e econômica que o País passa, a proposta ganha força na sua fase de estudo, mas ainda precisa ser oficializada e encaminhada pelo governo por meio de um Projeto de Emenda à Constituição (PEC), que precisa ser aprovada no Congresso. (O Povo)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here