Homem agride mulher com barra de ferro em Capinzal; vítima foi hospitalizada

Capinzal – O fim de semana foi movimentado para a Polícia Militar de Capinzal. Diversas ocorrências mobilizaram o setor policial nas últimas horas. Neste domingo (08), por volta das 18h45min a PM foi acionada até a rua Vilson Bordin, centro da cidade, para um caso de violência doméstica. No local os policiais conversaram com a vítima que relatou ter ido por conta própria ao Hospital Nossa Senhora das Dores. A vítima disse ter sido agredida pelo companheiro com um cano de ferro. Os golpes atingiram a cabeça da mulher, causando um corte, e um golpe atingiu o braço esquerdo. Ela disse que estava em casa e que o autor ao chegar, pegou o objeto e passou a agredi-la. Ele ainda teria feito ameaça de morte a ela e toda sua família. Contanto, a vítima relatou que não tem interesse em representar neste momento contra o autor do fato. Após avaliação médica e os procedimentos policiais, a vítima foi orientada sobre os encaminhamentos possíveis relacionados ao caso.

Mais tarde, por volta das 20h30min, um acidente de trânsito com ameaça foi registrado na rua Ernesto Hachmann, também no centro de Capinzal. A batida envolveu uma caminhonete D-10 com placas de Capinzal e um Gol com placas de Piratuba. A colisão teria ocorrido nas proximidades da SERP, na SC-150, e que o ocupante do carro teria acompanhado a caminhonete até o centro. Ele parou o Gol nas proximidades da loja Leão. Segundo o condutor do Gol, o motorista e o carona da caminhonete teriam proferido ameaças com o uso de um facão. A guarnição encontrou o facão usado durante as ameaças e o apreendeu. Os envolvidos assinaram um termo circunstanciado se comprometendo a comparecer em audiência judicial no fórum da comarca.

Por fim, a PM foi solicitada na rua Odete Parizotto, Bairro São Cristóvão, por volta das 22h30min. A guarnição fazia rondas no Acesso Cidade Alta quando visualizou próximo ao trevo de acesso a Piratuba uma motocicleta cujo condutor aparentava estar procurando alguém e estava em posse de um objeto branco na mão. Os policiais tentaram fazer a abordagem, porém o motociclista empreendeu fuga. Foi solicitado apoio de outra viatura para tentar parar a Honda Bros NXR/150 com placa de Capinzal. Durante a fuga, o suspeito forçou a ultrapassagem em meio a outros veículos quase causando um acidente, prejudicando pedestres que transitavam pela calçada, também adentrando no pátio do Posto Amigão e quase atropelando um dos frentistas.

O condutor só foi abordado cerca de 1 km após o início do acompanhante pelas duas viaturas. Em verificação foi constatado que o condutor não possui carteira de habilitação, que a moto não estava em seu nome e ainda com o pneu traseiro liso. Ele também recusou o teste do bafômetro. Diante dos fatos foram aplicadas as notificações de trânsito cabíveis, removida a moto ao pátio do guincho credenciado, efetuado o boletim de ocorrência. Em seguida ele foi liberado no local.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.