Homem natural de Campos Novos é morto no presídio de Lages

O detento Adriano Serafim Dias, 25 anos, natural de Campos Novos, foi encontrado morto na manhã do último sábado (04). O detento estava em sua sela no Presídio Masculino de Lages. O interno, Diozer Oliveira Wolff, 24 anos, natural de São José, assumiu a autoria do crime. Esse foi a primeira morte registrada no presídio desde a sua inauguração em novembro de 2011.

Segundo o gerente do presídio, Marcio de Oliveira, ambos dividiam a cela com nove detentos nos últimos dias, pois há muita rotatividade de presos. De acordo com a necropsia ele foi morto por enforcamento. Diozer teria usado um teresa (fez uma corda com pedaços de lençóis) e enforcou o colega de facção.

O suspeito foi transferido para o Presídio Regional de Lages, pois terá que responder pelo assassinato no Fórum da cidade. Tanto o acusado quanto o morto respondem por homicídio. O local abriga atualmente 536 internos divididos em 44 celas.

(Correi Lageano)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.