Homem que matou para mostrar que arma funcionava vai a júri nesta sexta-feira

Eram quase 20h30 do dia 19 de abril de 2018 quando um homem chegou de carro e chamou o dono da casa para a rua. Quando ele se aproximou, o motorista, sem sair do veículo, disparou pelo menos seis vezes contra o conhecido. No dia 27 seguinte a vítima faleceu. O homem atingido havia comprado o revólver utilizado no crime, mas devolveu para o agressor porque a arma não funcionava. O desentendimento por conta do negócio desfeito teria sido a motivação do homicídio.

Estas informações constam na denúncia apresentada para o processo que vai a julgamento na próxima sexta-feira (27/9) no fórum da comarca de Chapecó. A sessão inicia às 13h30 sob regência do juiz Jeferson Osvaldo Vieira.

(Elizandra Gomes/Núcleo de Comunicação Institucional)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.