Horário de verão começa neste domingo

Os relógios devem ser adiantados em uma hora neste final de semana, à 0h de domingo (4), quando começa o horário de verão. Neste ano, é aplicado pela primeira vez o decreto presidencial que empurrou de outubro para o primeiro domingo de novembro a mudança nos relógios.

No ano passado, por exemplo, quando ainda valia a regra do terceiro domingo do décimo mês, começou em 15 de outubro. O próximo horário de verão terminará em 16 de fevereiro. Em comparação com o anterior, terá 21 dias de duração a menos.

Atualmente, os relógios são adiantados em uma hora em 10 Estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul) e no Distrito Federal.

As concessionárias de energia elétrica do Rio Grande do Sul esperam economizar entre 0,13% e 0,5% no período do horário de verão.  A CEEE, que atende 1,6 milhão de clientes em 72 municípios, tem estimativa de economizar 0,5%. Isso equivale, segundo a companhia, ao abastecimento de uma cidade do porte de Santa Vitória do Palmar durante o período do horário de verão.

A RGE prevê economia de 0,18% no consumo total dos 255 municípios atendidos pela concessionária. O valor é volume suficiente para atender uma cidade como Caxias do Sul por um dia ou de Passo Fundo por quatro dias.

E na RGE Sul, a estimativa é de redução de 0,13% nas 118 cidades da área de concessão. Conforme a concessionária, isso é suficiente para abastecer São Leopoldo ou Santa Maria por dois dias.

A questão da economia de energia foi central para que, no ano passado, o governo tenha cogitado extinguir o horário de verão. De acordo com estudo do Ministério de Minas e Energia (MME), a adoção da hora adiantada na época mais quente do ano não resulta mais em economia de energia. A despeito disso, a manutenção do horário de verão, de acordo com autoridades do setor elétrico, passou a ser considerada uma “questão cultural”.  (Zero Hora)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.