Idosa de 104 anos se torna a mais velha a vencer a Covid-19

Ada Zausso é a mais velha a vencer a Covid-19 Foto: Reprodução

Na Itália, uma idosa de 104 se tornou a mais velha a se curar da Covid-19. Ada Zanusso estava internada desde o dia 17 de março e, segundo os médicos, já consegue andar pelo quarto normalmente e não tem ficado de cama. A idosa também superou a gripe espanhola, há 100 anos.

Moradora de Biella, no norte do país, Ada apresentou sintomas como vômito, febre e dificuldade para respirar. Foi então que ela fez o exame e foi diagnosticada com coronavírus. Os profissionais que cuidaram de Ada afirmaram que “este é um sinal de grande esperança” na luta contra o vírus.

Os familiares de Ada acreditam que ela foi infectada no asilo em que mora, depois que outros residentes morreram em decorrência da doença.

– Infelizmente, eles tiveram óbitos dentro da instituição. Fico feliz que ela tenha se recuperado, ainda mais pelo fato de que os médicos estão afirmando que ela é a paciente mais velha do mundo a conseguir vencer o novo coronavírus – disse o filho de Ada, Gianpiero Zanusso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.