Índices de criminalidade são os menores desde 2016 em Santa Catarina

Foram apresentados nesta segunda-feira, 21, pelo Colegiado Superior de Segurança Pública, os números relativos a roubos, furtos e mortes violentas no Boletim Semanal de Indicadores da Segurança Pública de Santa Catarina. Neste período, que compara o intervalo compreendido entre 01 a 20 de janeiro, os números mantiveram-se reduzidos.

Foram 462 roubos em 2019, 366 a menos que em 2018, o que representa o menor índice desde 2016. O mesmo acontece em relação a furtos, 2005 casos a menos que o mesmo período do ano passado. O número de homicídios também se mantém abaixo dos índices de outros anos, 46 em 2019. Em 2018, foram oito casos registrados a mais.

Estiveram presentes as reunião, realizada na Secretaria de Segurança Pública, o presidente do Colegiado, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior (atual Secretário de Segurança Pública e comandante-geral da Polícia Militar), o delegado-geral, Paulo Koerich (Polícia Civil), coronéis João Valério Borges e Edupércio Pratts (Corpo de Bombeiros), o diretor-geral Giovani Eduardo Adriano (Instituto Geral de Perícias), o diretor-geral do Colegiado, coronel Flávio Graff, além de integrantes da inteligência e estatística da SSP.

Seguindo a premissa de transparência do governador Moisés, as reuniões do Colegiado acontecem todas as semanas no Centro Administrativo da Secretaria da Segurança Pública.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.