Inquérito policial contra o ator Rodrigo Hilbert tramita em São Joaquim

São Joaquim – O ator e apresentador Rodrigo Hilbert, do programa Tempero de Família do canal GNT, que responde por maus-tratos contra animais, será ouvido pela Polícia Civil do Rio de Janeiro por carta precatória. O inquérito contra ele tramita na Delegacia de Polícia Civil de São Joaquim, na Serra Catarinense.

O artista é acusado de matar um filhote de ovelha, que estava em fase de amamentação, para um churrasco. A cena foi mostrada na televisão e teve grande repercussão, sobretudo nas redes sociais.

Episódio – Na época, o ator chegou a pedir desculpas pelo episódio, que foi registrado em uma fazenda na região de São Joaquim, onde o programa foi gravado. Após o episódio, uma ONG de defesa dos animais procurou o Ministério Público e prestou queixa contra o ator.

Segundo o delegado do caso, Jackson Guasselli Pessoa, caso se confirme o delito, o artista será indiciado no art. 32 da Lei (9.605), de Crimes Ambientais, que prevê de três meses a um ano de detenção, além de multa. “A punição para quem se enquadra neste crime é de menor potencial ofensivo”, explica o delegado.

Andamento – Ele afirma que já ouviu várias testemunhas sobre o episódio, dentre as quais, o proprietário da fazenda onde foi feito o abate do animal. Agora, aguarda o interrogatório de Rodrigo para prosseguir com as investigações. Não há prazo para a conclusão do inquérito. (CL+)

1 Comentário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.