JBS de Ipumirim oferece reajuste de 3,53% para todos os salários

Os trabalhadores da JBS de Ipumirim decidem nesta quinta-feira, 30 de agosto, se aceitam a proposta de negociação salarial oferecida pela empresa. Ontem foi realizada mais uma reunião entre os representantes do Sintrial e da JBS e a proposta final foi o repasse de 100% da inflação do período para todos os salários, que corresponde a 3,53%.

Nas cláusulas econômicas também estão contemplados o quinquênio com três benefícios de 3%, com teto de R$ 1.924,77. O percentual de pagamento do transporte se manteve em 3% e o valor das 12 cestas de produtos passou de R$ 76,00 para R$ 85,00. O PPR passou de R$ 700,00 para R$ 850,00. Se a empresa atingir todas as metas financeiras, em abril de 2019 os trabalhadores vão receber o PPR de R$ 850,00. Se o lucro ficar baixo do estimado, os funcionários vão receber um valor proporcional. As cláusulas econômicas são retroativas ao mês de julho.

Nas questões sociais, na JBS de Ipumirim não houve avanços na licença-maternidade de quatro meses para seis, como ocorreu com a BRF de Concórdia. O presidente do Sintrial, Jair Baler, explica que foi mantida a rescisão de contrato no sindicato, isso para os trabalhadores sindicalizados. “É um avanço importante, porque muitas vezes o trabalhador não conhece todos os direitos”, pontua.

Assembleia na quinta

Nesta quinta-feira, 30 de agosto, os trabalhadores poderão decidir se aprovam ou não essas propostas em voto secreto, no horário das 12h30 às 16h. A urna para votação ficará próxima ao estacionamento. A JBS de Ipumirim emprega cerca de 1,4 mil funcionários. (Rádio Aliança)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.