João Rodrigues recebe pleitos de vereadores de Capinzal e diz: “sou pré-candidato ao governo”

Capinzal – Durante passagem por Florianópolis em função do recebimento de uma homenagem pelo resultado de uma pesquisa que avaliou os vereadores mais atuantes em Capinzal, o presidente do Legislativo Gilmar Junior da Silveira (PSD) e Bruno Michel Favero (SD) aproveitaram para visitar o escritório regional do deputado federal João Rodrigues (PSD).

No encontro foram discutidos diversos assuntos relacionados a projetos em benefício do município de Capinzal, bem como as articulações políticas para as eleições do ano que vem.

Na oportunidade, Rodrigues afirmou aos vereadores que é pré-candidato ao governo do estado, posição anunciada após romper com o correligionário e presidente do partido, Gelson Merisio.

Segundo a assessoria de João Rodrigues, o deputado federal comunicou também ao ministro Henrique Meirelles e ao governador Raimundo Colombo em reunião ocorrida no Palácio d’Agronômica, que é pré-candidato ao governo do estado. Meirelles desejou sorte e disse esperar que o PSD continue administrando Santa Catarina como vem sendo feito pelo governador Colombo.

A disputa interna é anunciada um dia após a RIC Record divulgar pesquisa do Instituto Mapa, que mais uma vez deixa Gelson Merisio mal colocado na intenção de votos. O nome de João Rodrigues não foi colocado em nenhum pesquisa ainda, mas o parlamentar se destaca por ser considerado bom de voto.

Se Rodrigues entrar na disputa pela vaga de candidato do PSD, abrem-se novas possibilidades de coligações, pois nitidamente a aversão ao PMDB, por exemplo, é algo bastante particular de Gelson Merisio. Uma chapa com João e Mariani, ou vice e versa já foi bastante ventilada e a possibilidade ou não de uma aliança vai ser desmentida ou evidenciada em janeiro, quando Colombo dará o sinal, repassando o cargo a Pinho Moreira ou não.

A postura de Merisio, que não esconde rusgas com o PMDB, sigla que compõe o governo e da qual pertence o vice-governador Eduardo Pinho Moreira, é diferente de Rodrigues que adota um jeito mais neutro e centralizado. “Não bato em aliado”, disse Rodrigues. As críticas contundentes de Merisio ao PMDB provocam desconforto no governador Raimundo Colombo que tem pretensão de renunciar ao governo no ano que vem, para poder concorrer ao Senado. Assumiria o cargo para completar o cargo justamente o peemedebista Pinho Moreira.

Rodrigues ainda enfatizou que está disposto a ajudar Capinzal em seus pleitos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.