Julgada improcedente denúncia contra acusado de suposto furto de motocicleta em Capinzal

Capinzal – O juiz Daniel Radünz julgou improcedente denúncia do Ministério Público contra Wilian Gonçalves Rogowski. Ele foi acusado de ter, supostamente, furtado uma motocicleta na noite do dia 29 de outubro de 2013 em Capinzal. O veículo furtado foi uma motocicleta Honda Twister placa MGF-9692 de Capinzal de propriedade de João de Mattos. Nas alegações finais, o MP requereu a condenação de Rogowski, denunciado por furto qualificado.

A denúncia foi recebida em 03 de dezembro de 2013 no fórum de Capinzal. Entretanto, o magistrado considerou haver fragilidade de provas contra o acusado e julgou improcedente a denúncia. A decisão foi proferida nesta quinta-feira, dia 30.

A moto foi recuperada dois dias depois do furto. Ela foi encontrada pela Polícia Militar em Herval d’ Oeste. O veículo estava estacionada na rua Seis de Agosto, bairro São Jorge. A PM suspeitou do local onde ela estava e, em consulta à placa, constatou que havia registro de furto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.