Justiça aceita denúncia contra acusada de roubo em escritório de advocacia em Capinzal

O juiz Daniel Radünz aceitou denúncia contra uma mulher de iniciais V.A de O. de L., 40 anos, pelo crime de roubo ocorrido em Ouro. Segundo os autos, no dia 14 de dezembro de 2015, por volta das 8h30min, a acusada teria ido até um escritório de advocacia localizado na rua XV de Novembro, no centro de Capinzal onde, com o uso de uma faca, teria cometido o crime contra outra mulher.

De acordo com o processo, a acusada teria aguardado a vítima abrir o estabelecimento, pediu para usar o banheiro e assim que saiu anunciou o assalto.

A vítima teria afirmado não possuir dinheiro naquele momento, ocasião em que a acusada, por sua vez, teria deixado à mostra uma faca na cintura. Em seguida, a ré teria verificado em um armário no escritório se havia dinheiro, oportunidade em que a vítima conseguiu sair do local e acionar a Polícia Militar.

A PM deslocou ao escritório e conseguiu prender a mulher ainda dentro do escritório. A denúncia da promotora Caroline Regina Maresch foi aceita pelo magistrado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.