Justiça de Capinzal aceita denúncia e determina citação de jovem que teria divulgado fotos íntimas de adolescente pela internet

Capinzal – O juiz da 2ª Vara da Comarca de Capinzal, Daniel Radünz, determinou a citação de um homem, no estado do Paraná, denunciado pelo Ministério Público por supostamente ter repassado fotos íntimas de uma adolescente pela internet. Segundo os autos, o acusado, de 24 anos, teria infringido o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Conforme a denúncia, em 2012 o homem teria transmitido e divulgado via e-mail para pessoas não identificadas, fotografias pornográficas da adolescente, que na época tinha 14 anos e residia em um município da comarca de Capinzal. O homem teria recebido as imagens e, posteriormente, retransmitido a outras pessoas, disseminando-se em velocidade alucinante.

Conforme o processo, a adolescente teria feito as fotos e repassado a um homem, com seu consentimento. No entanto, uma amiga dela, também menor de idade, teria solicitado a senha de uma rede social, a qual foi fornecida. Através da mesma senha a amiga teve acesso, pelo notebook, à caixa de e-mails da vítima. Tempos depois a amizade entre as duas acabou, e, a partir daí, começaram chantagens através de outra rede social, cujas cópias foram anexadas ao processo, inclusive, com instigação ao suicídio.

A ex-amiga ainda teria fornecido a senha a outras duas pessoas, também menores, os quais teriam tido acesso às imagens e, da mesma forma, repassando-as. As imagens chegaram até à escola onde a jovem estudava. O caso foi informado ao Conselho Tutelar da cidade e, imediatamente, repassado ao órgão do lugar onde a menina morava.

O caso só chegou ao conhecimento da vítima após uma moradora ter informado que um e-mail com as fotos havia chegado ao correio eletrônico do marido. A mãe procurou a delegacia de polícia fazer representação.

Em relação a outros três investigados a Justiça determinou o arquivamento do inquérito policial, como havia solicitado o MP, e em relação a três menores foi remetido os autos à 1ª Promotoria de Justiça da Comarca.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.